Total de visualizações de página

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Veja como é dada as titulações de nível profissional do xadrez

Saiba quais são os jogadores mais bem colocados no cenário nacional


Assim como nas áreas da ciência onde os estudos são baseados no conhecimento prévio de determinado tema e o reconhecimento do profissional está imbuído na titularidade que o cerne, o xadrez também requer uma diplomação. Em meio às estratégias e táticas do jogo, horas afinco e até anos de dedicação são certezas de que conduz o enxadrista ao nível de conhecimento tal qual é concedido à graduação que o xadrez lhe oferece.

Conhecido como “títulos de mestres”, as graduações no xadrez envolve um nível de informação e experimentação do jogo a ponto de distinguir atletas amadores e profissionais do esporte. Diferença que pode ser notada através do Elo - pontuação no ranking internacional, popularmente chamado de “rating” - sistema que é adotado pela Federação Internacional de Xadrez (FIDE) desde 1970. Com este sistema de pontos, a FIDE outorga os títulos de mestre descritos a baixo na ordem crescente: Mestre FIDE, Mestre Internacional, e Grande Mestre Internacional. Recentemente foi criado um novo título chamado de “candidato a mestre” que nada mais é que uma titulação antes dos mestres.

Atualmente, o Brasil detém de 137 titulados, 26 Mestres Internacionais e 11 Grandes Mestres. No mosaico, veja quem são os Grandes Mestres do xadrez brasileiro e em que ano conquistaram o maior título do xadrez internacional.




Como é o processo até se tornar mestre?


Inicialmente, o jogador deve ser inscrito na Federação Internacional de Xadrez que pode ser feito a partir de 9 partidas oficiais disputadas com adversários também rankiados na federação.

Título Rating/Pontos/Normas

Mestre F.I.D.E.-2300-Nenhuma
Mestre Internacional-2400-3
Grande Mestre-2500-3

Para obtenção do título de mestre FIDE é necessário a pontuação mínima de 2300 pontos no parâmetro internacional. Já para o nível de mestre internacional, o jogador deve alcançar além da marca dos 2400 pontos, normas que representam um destaque notável em três competições de Mestres Internacionais, (com mínimo de dois estrangeiros) e conseguir a pontuação-média do evento. Sobre a titulação mais alta do xadrez internacional, os requisitos mínimos são 2500 pontos e conquistar três normas no mesmo formato da titulação anterior, desta vez em competições de Grandes Mestres Internacionais.

Confira também a lista completa do ranking nacional de jogadores brasileiros: http://ratings.fide.com/topfed.phtml?ina=1&country=BRA

Postado por Frederico Gazel - Assessor de Comunicação FMX

" texto extraído de http://www.otempo.com.br/blogs/?IdBlog=36&IdPost=12061

2 comentários:

  1. Olá Lucio Teixeira, obrigado pela citação, mas ficar melhor caso pudesse oferecer os créditos desta forma: " texto extraído de http://www.otempo.com.br/blogs/?IdBlog=36&IdPost=12061
    Saudações enxadrísticas!

    ResponderExcluir
  2. Gazel...
    Farei a correção. Obrigado.

    ResponderExcluir